Eis o tempo de conversão, tempo de jejum, caridade e oração: Quaresma.

A quaresma iniciou com a imposição de cinzas em nossa fronte. As cinzas simbolizam a presença de Deus e nos lembram que somos pouco. Nossa realidade humana é pobre, marcada pela queda e pelo pecado. Jesus nos convoca à Páscoa, pela sua cruz que nos ilumina.

1

A quaresma não tem sentido em si mesma. Só tem sentido se olharmos para a Páscoa. É o caminho que nos leva à Páscoa.

Caminhemos com o que nos é proposto por Jesus: intensificando a oração, praticando o jejum e exercendo ainda mais a caridade. Assim, chegaremos a Páscoa, com plenitude e alegria!

Que as cinzas impostas em nós, infiltrem em nossa pele até o coração, onde ficarão por muito além de 40 dias. Que o desejo de mudança e conversão, nos ajude a atravessar esse caminho para encontrar Jesus ressuscitado.

2

Texto: Síntese das homilias de Pe. José Luis e José Carlos na quarta-feira de Cinzas.